Twitter Facebook

CUT CONTICOM > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > REPRESENTAÇÃO DE TERCEIRIZADOS E INFORMAIS É TEMA DE CURSO DO MACROSSETOR DA INDÚSTRIA DA CUT

Representação de terceirizados e informais é tema de curso do Macrossetor da Indústria da CUT

13/04/2021

Módulo 1, com tema voltado para a organização sindical, foi concluído nesta terça-feira, 13

Escrito por: Redação CNTRV

           Com participação de 55 sindicalistas das regiões sudeste e centro-oeste, dos ramos químico, metalúrgico, construção e madeira, vestuário, alimentação e energia, a segunda aula do Módulo 1 do curso “Formação e Capacitação Sindical: Resistência, Organização e Luta”, que está sendo promovido pelo Macrossetor da Indústria da CUT, MSI, em parceria com o Solidarity Center, debateu os desafios atuais na organização sindical no Brasil. O debate apontou que a terceirização e a informalidade trazem grandes dificuldades para a representação sindical ampla, mas é preciso buscar alternativas para que todos os trabalhadores e trabalhadoras tenham representação sindical.     Confira matéria do Módulo 1 AQUI.

                A educadora Darlene Testa provocou o debate sobre as mudanças necessárias, culturais e políticas, para que os desafios atuais sobre a organização sindical sejam enfrentados. “Vivemos um momento terrível de destruição de direitos e ataques às organizações democráticas, dentre elas, os sindicatos. Contudo, temos algumas oportunidades para avançar rumo à construção de entidades fortes e mais próximas das realidades do mundo do trabalho”.

                O assunto foi abordado em trabalhos de grupo, cuja sistematização destacou os principais problemas e oportunidades frente à organização sindical. Unidade, solidariedade, ampliação da representatividade, comunicação e formação/educação foram temas recorrentes nos grupos.

 

Juventude

                O debate aprofundou ainda a necessidade de aproximação dos sindicatos à juventude trabalhadora. Neste aspecto, os principais problemas levantados se referem à falta de interesse de trabalhadores e trabalhadoras jovens sobre os direitos e sindicalismo e apontou a comunicação virtual como uma das ações que devem ser priorizadas pelos sindicatos como forma de abordagem aos jovens.

                Neste sentido, o percurso formativo prevê uma oficina sobre a ativismo digital e desenvolvimento de campanhas virtuais. Conheça a programação completa do curso AQUI.

Acompanhe o Projeto AQUI.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

CUT Nacional Ação sindical e ativismo ambiental na Amazônia Projeto Sindicalismo e Juventude
NEWSLETTER

Digite seu e-mail para receber nossos informativos


CONTICOM

Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo SP | Telefone (0xx11) 3330-3668 - Fax (0xx11) 3330 3669